• jucampitelli

Intervalos - classificações II

No post anterior sobre intervalos, vimos a classificação numérica dos intervalos musicais. Neste post, veremos como qualificar os intervalos de acordo com sua constituição em tons e semitons.

As denominações podem ser:

  • Maior (M) e menor (m) : para intervalos de 2ª, 3ª, 6ª e 7ª.

  • Justo (J): para intervalos de 4ª, 5ª e 8ª.

  • Aumentado (A) e diminuto (D): para qualquer intervalo.

As qualificações acima são dadas de acordo com a quantidade de tons e semitons que compõem o intervalo. Usaremos como referência para a constituição dos intervalos a escala de Dó maior.



Para entender a ordem das denominações acima, deve-se se levar em consideração a adição ou subtração de um semitom. Para intervalos de 2ª, 3ª, 6ª e 7ª as classificações são: diminuto, menor, maior e aumentado. Veja os exemplos a seguir:

  • Um intervalo de 3ªM é constituído por dois tons inteiros e quando subtraído de um semitom passa a ser um intervalo de 3ªm:



  • Um intervalo de 3ªM quando acrescido de um semitom torna-se um intervalo de 3ª aumentado:


  • Um intervalo de 3ªm é constituído de um tom e um semitom e quando subtraído de um semitom torna-se um intervalo de 3ª diminuto:



O mesmo raciocínio poder ser usado nos intervalos de 2ª, 6ª e 7ª. Já no intervalos de 4ª, 5ª e 8ª, a adição e subtração de um semitom os qualificará como: justo, aumentado ou diminuto. Veja os exemplos:

  • Um intervalo de 4ªJ é constituído de dois tons e um semitom e quando adicionado de um semitom torna-se um intervalo de 4ª aumentado:



  • Um intervalo de 4ªJ quando subtraído de um semitom torna-se um intervalo de 4ª diminuto:



É importante lembrar que os intervalos de 4ª, 5ª e 8ª não são classificados como maiores ou menores.

Se tiver dúvida sobre a constituição de um intervalo, utilize a escala de dó maior. Toque cada nota da escala formando um intervalo com a tônica e verifique quantos tons e semitons ele possui. A partir daí, você poderá achar os intervalos aumentados, diminutos, maiores e menores.

Por fim, a primeira imagem deste artigo mostra os intervalos da escala de DóM, mas esse padrão serve para qualquer umas das doze tonalidades maiores. Por exemplo, se você tocar as notas na escala de SolM, perceberá que os intervalos se repetem na mesma ordem. Qualquer dúvida, escreva nos comentários. Obrigada!

Fonte: Exercícios de teoria musical - uma abordagem prática (Marisa Ramires) Harmonia - método prático (Ian Guest)

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo